18 abril 2008

Morte da menina Isabella: O assunto do momento

Talvez ao ler esse título você já pensou "Ah! Isso de novo?". Eu respondo: SIM, de novo.

O que me levou a escrever a respeito deste assunto foi a minha indignação, não apenas pelo caso (este motivo é óbvio), mas também pelas constantes críticas que a mídia tem recebido por divulgar as informações apuradas.

A boca do povo diz:
“A televisão, o jornal, o rádio, tudo só fala disso”
“Ah! Isabella de novo...”
“Nossa, não tem outro assunto?”
(... e coisas do tipo)

Até aí dá pra “engolir”, afinal, sabemos que as pessoas esperam encontrar nos meios de comunicação coisas novas. Mas um outro comentário me assustou na noite de ontem (17). Um cidadão dizia: “Chega de Isabella! Eles pensam que somos bobos, todo mundo sabe que isso não vai virar nada. O que não fazem por uma audiência, né?!”.

Confesso que fiquei preocupada com essa interpretação. Tentei explicar o papel da mídia neste caso, mas pra falar a verdade, não sei se obtive êxito. A pessoa, que até o momento não sabia que eu era estudante de jornalismo, sacou na hora e parou de falar.

Poxa, então é essa a imagem que as pessoas têm dos meios de comunicação? Traz a divulgação dos fatos somente pela audiência? Eu tinha uma pequena noção a respeito disso, mas ao ver assim, frente a frente, nossa...

A verdade é que aquele espaço antes ocupado pela PAIXÃO de se noticiar os fatos foi substituído pelo CAPITALISMO – divulga aquilo que vende. Hoje em dia, infelizmente, há uma distorção, aos olhos do público, quanto à maneira em se fazer jornalismo. Para ele não existe mais a idéia do fazer por gostar, mas sim, do produzir pra vender. É uma pena que o trabalho dos jornalistas seja analisado dessa forma.

Paremos para refletir: Você é alguém que pensa como essas muitas pessoas? Você também acha que a mídia está “batendo muito na mesma tecla”? O caso da menina Isabella deveria receber menos cobertura?

Não quero manipular a sua opinião, pelo contrário, assim como estou me expondo, gostaria também de saber a sua.

Eu penso da seguinte forma: Os meios de comunicação estão muito presos a este caso sim, mas, nesse momento, é necessário. Você tem observado que a cada dia se tem algo novo sobre o crime? Este é um dos pontos positivos que podemos encontrar no trabalho realizado pelos jornalistas. Eles estimulam, através da divulgação dos fatos, a solução dos problemas. Será que as autoridades estariam tão empenhadas, como estão, se a mídia não estivesse em cima fiscalizando e cobrando por respostas?

5 comentários:

noreleifranzin disse...

Realmente mtas coisas hj estão distorcidas, e uma delas são nossos queridos meios de comunicação, é uma pena, tb acredito que nossa sociedade anda movida pelo capitalismo, mas nesse caso seria um capitalismo "investigativo", assim como qualquer cidadã tb tenho sede de justiça e saber o que realmente aconteceu com aquela garotinha....
Mas ainda acho q nossos meios ficam devendo...

Diuân Feltrin disse...

É Angélica, concordo com você. Pode ser senso comum mas digo: o povo fala mas o povo gosta!
Os fatos devem sim ser divulgados e analisados pela mídia, caso contrário, caem no esquecimento.
De uma forma ou de outra, o papel da mídia é relatar os fatos até que uma solução seja encontrada.

Rafael disse...

Os meios de comunicação já não são vistos como antigamente. E isto é culpa da própria mídia que em certos momentos deturbou sua própria imagem. Fato é que se deve noticiar sim, mas lembra-se, tantas outras crianças morrendo por ae, e não são nem citadas, nem lembradas.

A mídia ganhou ibope, continua mesmo. O Capitalismo está ae né, é necessário.

Bjaoooo

Tamyris disse...

Oi!
Então migah, acho que o que está acontecendo lembra a antiga política do "pão e circo"... só mostra o Caso Isabella, deixando o governo Lula e os seus planos para um terceiro mandato de lado (em segundo plano)...
Mas, em certo ponto, concordo com vc, se a mídia não estivesse em cima não teriamos a cada dia mais novidades, o caso poderia cair no esquecimento e não chegarmos ao criminoso!
então...fazer o que?
pensar o que?
como reagir a isso?
ótimas perguntas, mas que prefiro não responder!
bjus!

Isabella disse...

Oi Angélica!
Gostei da sua página na internet viu?! Parabéns!
Sobre o caso da Isabella, eu concordo com vc, a cada dia temos mais notícias e acho que isso se deve a mídia, que não deixa nada passar em branco!
Bjus